Globalsat firma acordo com SAS para distribuir banda estreita de internet

Os grupos Globalsat e Sky and Space Global Ltd. firmaram acordo para prestação de serviços de telecomunicações de banda estreita por meio de nano-satélites de órbita baixa. De acordo com os termos da parceria, a Globalsat atuará de forma não exclusiva na distribuição, venda e comercialização da tecnologia e produtos respectivos para seus clientes, afiliados, revendedores, assinantes e usuários finais na América Latina.

O mercado latinoamericano de banda larga estreita tem 64 milhões de pessoas com acesso limitado a serviços de conectividade móvel, o que representa 10% da população no subcontinente e um grande potencial de crescimento para a SAS na região. Com a implantação do serviço, a SAS espera arrecadar com menos US$ 5 milhões nos dois primeiros anos, graças à amplitude da presença da Globalsat no local, com milhares de clientes nos setores de energia, governamental, defesa, mineração, agricultura, entre outros.

O lançamento da primeira etapa da constelação de nano-satélites está previsto para 2019. Os equipamentos – chamados de “pérolas” pela SAS, em alusão a um colar de pérolas, que é o modo como os satélites se dispõe na região equatorial – permitem a conexão por terminais a um preço acessível e competitivo para o mercado na região. As vendas do serviço começaram depois do lançamento do primeiro lote de “pérolas”, uma vez atestado o funcionamento dos satélites.

O acordo foi firmado após finalizados os testes da Globalsat na região, com os primeiros três satélites protótipos da SAS, que confirmaram o potencial funcional e comercial da tecnologia e o modelo de negócio do serviço.

De acordo com o CEO da Globalsat, J. Alberto Palacios, o grupo está satisfeito em seguir com o acordo com a Sky and Space Global Ltd. “Creio que teremos muitas oportunidades de melhorar nossas ofertas de serviços com os nano-satélites da empresa”, afirmou o empresário.


Equipe Globalsat do Brasil
Equipe Globalsat do Brasil

Autor



Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.