Iridium: termina uma era, começa outra

É oficial: a Iridium realizou a maior substituição de uma constelação satelital da história, com a qual sua rede de satélites está preparada para entregar serviços 24x7 em todo o globo, não só com serviços tradicionais, mas também como voz comutada, voz PPT, envio de mensagens e dados de banda estreita.

Os novos serviços de dados em base e comutação de pacotes, conhecidos sob a marca Certus, implicam um conjunto de funcionalidades que facilitarão a conectividade M2M/ Internet das Coisas (IoT) e o acesso à internet em qualquer lugar e momento.

“Pela primeira vez desde o lançamento oficial do sistema, há mais de 20 anos, há zero de tráfego passando pelos satélites antigos”, afirmou o CEO da Iridium, Matt Desch. Os dois últimos satélites da nova frota de Iridium, chamada Iridium Next, entraram em serviço em 5 de fevereiro, completando uma atualização começada há anos, justamente enquanto a frota anterior estava começando a perder capacidade operativa.

A Iridium foi a primeira empresa e se mantém sendo uma das principais operadoras de satélites para MSS (Serviço Móvel de Satélites, em inglês). Os telefones satelitais que vemos em quase todos os filmes de ficção, e os que vimos em uso em Nova York após o ataque ao World Trade Center, em 2001, utilizam os serviços Iridium, acessíveis a qualquer lugar do planeta com vista ao céu.

Em geral, a empresa não vende serviços diretamente ao usuário final, e sim opera em sociedade com empresas que realizam esses serviços. Uma de suas parcerias mais bem sucedidas na América Latina é com o Grupo Globalsat.

A Iridium conta agora com 75 satélites em órbita, 66 em operação e outros 9 em reposição. A estes se somam mais 6 de reposição, que estão em terra. Os novos satélites Iridium postos em funcionamento devem ter vida útil de 15 anos, de acordo com a empresa.

O serviço Certus está disponível em todo o hemisfério ocidental através do Grupo Globalsat, consórcio panamericano de serviços satelitais móveis (MSS) e uma das primeiras empresas do segmento a oferecer o serviço nas Américas do Norte e Sul.
Equipe Globalsat do Brasil
Equipe Globalsat do Brasil

Autor



Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.