novembro 26, 2020

0 comentários


Conheça o SpotGen 4

A natureza está em constante evolução e os aventureiros ao redor do mundo encontram desafios que antes eram considerados impossíveis. Nesse processo, a tecnologia é uma grande aliada, pois pode abrir caminhos e proporcionar possibilidades ilimitadas de enfrentar o mundo. Ver artigo completo →
outubro 29, 2020

0 comentários


Intellian lança novo terminal marítimo C700 Iridium Certus

Com o desempenho elevado, o C700 pode fornecer velocidades de uplink de 352 kbps e velocidades de downlink de 704 kbps por padrão. Ele suporta até três linhas telefônicas de alta qualidade e baixa latência simultaneamente e como uma antena de estado sólido sem partes móveis internas, o C700 é especialmente robusto, não exigindo manutenção programada durante sua vida útil.
Ver artigo completo →
junho 18, 2020

0 comentários


BYNE e Globalsat firmam parceria para levar comunicação via satélite aos centros de operação

Com tecnologia  PTT (Push-to-Talk), da Globalsat do Brasil,  a mesa de operações da Byne amplia cobertura para comunicação operacional de setores como energia, transporte e segurança pública. Ver artigo completo →
maio 15, 2020

0 comentários


O posicionamento da Globalsat frente ao Coronavírus (COVID-19)

A Globalsat do Brasil se orgulha de ter em sua base valores bem definidos e estruturados, em que um dos principais deles é “pessoas em primeiro lugar”, pois, isso além dos cuidados e medidas de segurança que adotamos diariamente, estamos seguindo rigorosamente as medidas da OMS.

Veja mais sobre nossas medidas protetivas.
Ver artigo completo →
janeiro 24, 2020

0 comentários


Globalsat Group, Inmarsat e Cobham assinam um contrato plurianual para fornecer à Rumo comunicações via satélite em toda a rede ferroviária brasileira

A maior operadora de logística ferroviária do Brasil usará a conectividade móvel por satélite para aumentar a velocidade de entrega e melhorar a saúde e a segurança das operações Ver artigo completo →
fevereiro 22, 2019

0 comentários


Iridium: termina uma era, começa outra

É oficial: a Iridium realizou a maior substituição de uma constelação satelital da história, com a qual sua rede de satélites está preparada para entregar serviços 24x7 em todo o globo, não só com serviços tradicionais, mas também como voz comutada, voz PPT, envio de mensagens e dados de banda estreita.

Os novos serviços de dados em base e comutação de pacotes, conhecidos sob a marca Certus, implicam um conjunto de funcionalidades que facilitarão a conectividade M2M/ Internet das Coisas (IoT) e o acesso à internet em qualquer lugar e momento.

“Pela primeira vez desde o lançamento oficial do sistema, há mais de 20 anos, há zero de tráfego passando pelos satélites antigos”, afirmou o CEO da Iridium, Matt Desch. Os dois últimos satélites da nova frota de Iridium, chamada Iridium Next, entraram em serviço em 5 de fevereiro, completando uma atualização começada há anos, justamente enquanto a frota anterior estava começando a perder capacidade operativa.

A Iridium foi a primeira empresa e se mantém sendo uma das principais operadoras de satélites para MSS (Serviço Móvel de Satélites, em inglês). Os telefones satelitais que vemos em quase todos os filmes de ficção, e os que vimos em uso em Nova York após o ataque ao World Trade Center, em 2001, utilizam os serviços Iridium, acessíveis a qualquer lugar do planeta com vista ao céu.

Em geral, a empresa não vende serviços diretamente ao usuário final, e sim opera em sociedade com empresas que realizam esses serviços. Uma de suas parcerias mais bem sucedidas na América Latina é com o Grupo Globalsat.

A Iridium conta agora com 75 satélites em órbita, 66 em operação e outros 9 em reposição. A estes se somam mais 6 de reposição, que estão em terra. Os novos satélites Iridium postos em funcionamento devem ter vida útil de 15 anos, de acordo com a empresa.

O serviço Certus está disponível em todo o hemisfério ocidental através do Grupo Globalsat, consórcio panamericano de serviços satelitais móveis (MSS) e uma das primeiras empresas do segmento a oferecer o serviço nas Américas do Norte e Sul.
fevereiro 01, 2019

0 comentários


Promoção Fevereiro

promoção de fevereiro

taxa de ativação grátis na compra de telefones via satélite!

A Globalsat está com uma promoção incrível para o mês de fevereiro: na compra de qualquer telefone via satélite da empresa, não será cobrada a taxa de ativação do aparelho, atualmente no valor de R$ 270,00. Para a locação de aparelhos, a taxa de ativação será cobrada normalmente.

A promoção é válida somente para o mês de fevereiro, então aproveite e garanta já o seu telefone via satélite na Globalsat!

janeiro 31, 2019

0 comentários


Globalsat firma acordo com SAS para distribuir banda estreita de internet

Os grupos Globalsat e Sky and Space Global Ltd. firmaram acordo para prestação de serviços de telecomunicações de banda estreita por meio de nano-satélites de órbita baixa. De acordo com os termos da parceria, a Globalsat atuará de forma não exclusiva na distribuição, venda e comercialização da tecnologia e produtos respectivos para seus clientes, afiliados, revendedores, assinantes e usuários finais na América Latina.

O mercado latinoamericano de banda larga estreita tem 64 milhões de pessoas com acesso limitado a serviços de conectividade móvel, o que representa 10% da população no subcontinente e um grande potencial de crescimento para a SAS na região. Com a implantação do serviço, a SAS espera arrecadar com menos US$ 5 milhões nos dois primeiros anos, graças à amplitude da presença da Globalsat no local, com milhares de clientes nos setores de energia, governamental, defesa, mineração, agricultura, entre outros.

O lançamento da primeira etapa da constelação de nano-satélites está previsto para 2019. Os equipamentos – chamados de “pérolas” pela SAS, em alusão a um colar de pérolas, que é o modo como os satélites se dispõe na região equatorial – permitem a conexão por terminais a um preço acessível e competitivo para o mercado na região. As vendas do serviço começaram depois do lançamento do primeiro lote de “pérolas”, uma vez atestado o funcionamento dos satélites.

O acordo foi firmado após finalizados os testes da Globalsat na região, com os primeiros três satélites protótipos da SAS, que confirmaram o potencial funcional e comercial da tecnologia e o modelo de negócio do serviço.

De acordo com o CEO da Globalsat, J. Alberto Palacios, o grupo está satisfeito em seguir com o acordo com a Sky and Space Global Ltd. “Creio que teremos muitas oportunidades de melhorar nossas ofertas de serviços com os nano-satélites da empresa”, afirmou o empresário.

janeiro 28, 2019

0 comentários


Globalsat anuncia comercialização de serviços Certus

Após uma série de testes móveis terrestres bem-sucedidos em vários países, o Grupo Globalsat anuncia a disponibilidade imediata dos serviços de voz e dados Iridium Certus e dos terminais Thales e Cobham Certus. O inovador serviço global baseia-se em uma constelação de satélites Iridium renovada, com 75 novos satélites já em órbita a partir deste mês para oferecer o serviço.

Os terminais Cobham e Thales estão disponíveis para uso móvel, terrestre e marítimo. Atualmente, estão habilitados serviços de voz com qualidade aprimorada de múltiplas linhas (4.8Kbps) e serviços de dados de até 384 kbps, com a possibilidade de atualizar para velocidades de download de 704 kbps. Os futuros terminais para usuários permitirão formatos menores para portáteis e M2M/ IoT (Internet das Coisas, em inglês), bem como terminais maiores de 1,4 mbps para conectividade de banda larga aprimorada.

O CEO da Globalsat, J. Alberto Palacios, afirmou o comprometimento da empresa com o projeto Certus. Segundo o empresário, as empresas filiadas ao grupo “esperam uma quantidade significativa de novos negócios, bem como atualizações de usuários de banda larga de menor largura de banda e soluções concorrentes, especialmente no mar, onde a durabilidade de terminais sem partes móveis resulta em um aumento importante na confiabilidade ”.

Palacios afirmou que a Globalsat é uma empresa pioneira no uso da solução Certus. “Fomos uma das primeiras empresas a testar o Certus em uma versão beta. Nosso exame prático nos convenceu de que  é realmente uma virada de jogo”, afirmou o empresário. Mesmo antes de a largura de banda disponível para os terminais do usuário passar de um megabit por segundo, explicou, “a geração atual está oferecendo uma experiência muito amigável, graças à menor latência e ao gerenciamento inteligente de protocolos”. O CEO também afirmou que houve uma melhora de qualidade nas chamadas telefônicas feitas com o uso do novo serviço. “A melhoria na qualidade é perceptível em comparação com a AMBE de 2,4Kbps, com a qual a indústria de satélites está acostumada a lidar ”.

O consórcio de empresas Globalsat, com escritórios em dez países e distribuidores em todo o Ocidente, já possui estoque local de terminais da Certus em vários pontos e está pronto para demonstrar e vender equipamentos e serviços. Se estiver interessado, entre em contato conosco pelo site da Globalsat. Um representante estará com você para avaliar suas necessidades de conectividade e oferecer uma solução personalizada e competitiva.

janeiro 15, 2019

1 comentário


Globalsat e Inmarsat firmam acordo Tier 1 para fornecimento de serviços de banda larga Ka e L na América Latina

O consórcio internacional especializado em Serviço de Satélites Móveis (SSM) da Globalsat firmou com a Inmarsat um acordo de associação de distribuição de serviços em banda larga Ka e L, para atender usuários de toda a América Latina. De acordo com a companhia, o acordo permitirá o acesso total do consórcio à estrutura da operadora por meio dos escritórios, instalados nos Estados Unidos, além de proporcionar acesso a linhas de produtos e serviços.

Com o acordo, a Globalsat passa a ser considerada no ramo de comunicações via satélite como indústria Tier 1, o nível máximo de integração entre um operador de satélites e uma empresa que vende serviços na área. O acordo permite que a empresa usufrua de todas as tecnologias de serviço satelital das quais a Inmarsat dispõe, como os serviços de Banda L (BGAN, GPS/ Isatphone, entre outros) e Ka (LX, a versão para comunicações terrestres do GX).

O CEO do Grupo Globalsat, J. Alberto Palacios, ressaltou que a associação proporciona “vantagens competitivas significativas” à Globalsat em relação à concorrência no fornecimento de serviços de comunicação a usuários finais. Palacios também espera expandir a parceria com a Inmarsat. “Com as duas empresas se aproximando cada vez mais, nossos clientes serão mais bem servidos”, finalizou o CEO, lembrando que a Globalsat já atua em dez países no Ocidente.

Para o presidente a Inmarsat Enterprise, Paul Gudonis, o acordo selado recentemente representa “anos de colaboração” entre as duas empresas. O executivo afirma que a associação permitirá à Inmarsat ampliar sua participação no mercado da América Latina. Da mesma forma, o executivo aposta na ampliação de outros serviços além da internet via satélite. “O objetivo com esse acordo não é somente proporcionar, com maior alcance, serviço de internet satelital, mas também de internet das coisas”, pontuou Gudonis.